Compartilhe

Defesas naturais contra resfriados comuns podem oferecer alguma proteção também contra a covid-19, sugere uma pesquisa recém-publicada no periódico Nature Communications. O estudo de pequena escala acompanhou 52 pessoas que moravam com alguém que havia acabado de contrair a covid-19.

Os que tinham desenvolvido uma espécie de “banco de memória” de células imunológicas específicas depois de um resfriado – para ajudá-los contra futuras infecções – aparentaram estar mais protegidos também contra a covid-19.



Especialistas advertem, porém, que ninguém deve contar apenas com esse tipo de proteção, e que as vacinas continuam sendo a forma mais eficiente de proteger indivíduos e impedir casos graves. Seria um “grave erro”, dizem eles, achar que quem teve um resfriado recentemente está protegido contra a covid-19.

Mas a pesquisa pode oferecer pistas importantes a respeito de como as células de defesa do corpo enfrentam o coronavírus. Assim como a covid-19, alguns resfriados também são causados por coronavírus – o que levou cientistas a especular se a imunidade contra alguns desses vírus poderia ajudar a proteger também contra a covid-19.