Compartilhe

A vocalista Priscilla Leone e seu guitarrista Martin Mendezz, lançaram juntos um projeto paralelo a Banda Pitty.

Foi montado um estúdio em uma casa localizada na Serra da Cantareira, bem no estilo do som do duo. Para lá se mudam temporariamente: Pitty, Martin, o produtor Rafael Ramos, Jorge Guerreiro (engenheiro de som) e o fotógrafo e cinegrafista Otávio Sousa.



No My Space, eles explicaram como surgiu a idéia do projeto: “E de repente era um dia de chuva. As nuvens no céu, e a gente ouvindo Nick Drake e pensando: “também quero”. Nasceu o esboço, o violão dedilhado, o piano minimalista, as letras ora lúdicas e fofas, ora pesadas e melancólicas. Agridoce.”
O projeto tem uma pegada completamente diferente. “Brincávamos chamando de fofolk: folk fofo, mas nem sempre. Melodias suaves aos ouvidos, mas letras nem sempre leves ao coração.”, conta a dupla.
Recentemente o duo lançou um compacto em vinil com a canção “Ne Parle Pas”, primeira canção em francês de seu repertório.

No lado A, estará à música em sua versão original e no lado B terá a versão remixada pelo produtor Tejo. O compacto foi lançado na loja que a gravadora Polysom instalou nas dependências do Rock In Rio.

A dupla atualmente trabalha na gravação do seu primeiro álbum em estúdio. Enquanto isso, a dupla se apresenta normalmente com a banda Pitty.