Compartilhe

A Secretaria de Saúde anunciou na manhã desta segunda-feira (14) que pessoas portadoras de doenças consideradas com alto grau de imunossupressão podem receber a segunda dose adicional da vacina contra a Covid-19. A aplicação deverá ser feita pelo menos quatro meses após a aplicação da terceira dose, sendo necessário levar laudo médico que comprove a condição no ponto de vacinação.

Confira a lista de doenças com alto grau de imunossupressão que dão direito ao segundo reforço:



  • Imunodeficiência primária grave
  • Estar fazendo quimioterapia para tratamento de câncer
  • Transplantados de órgãos sólidos, células-tronco, ou fazer o uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas portadoras de HIV ou AIDS
  • Pessoas que fazem o uso de corticóides em doses diárias de pelo menos 20 mg de prednisona, ou equivalente a pelo menos 14 dias
  • Uso de drogas modificadoras de resposta imune
  • Pessoas portadoras de doenças auto inflamatórias ou doenças intestinais inflamatórias
  • Pacientes que fazem hemodiálise
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas

Além do laudo médico que comprove a condição do paciente, é necessário levar também o cartão SUS, RG, CPF e comprovante de endereço até o ponto de vacinação mais próximo. Vale lembrar que a vacinação acontece nos postos de saúde dos bairros, de segunda a sexta das 08h às 11h e das 13h às 15h, e no Salão Paroquial da Igreja São Benedito, das 08h às 16h.