Compartilhe

O Primeira Página desta quarta-feira (11) recebeu o Secretário de Desenvolvimento Urbano de Capivari. Bruno Sampaio fez um panorama geral de como está a situação da secretaria e também comentou os trabalhos que já estão sendo feitos além de responder perguntas de ouvintes.

No começo da entrevista, Bruno relatou problemas ao assumir o cargo no começo de janeiro. O secretário afirmou que encontrou máquinas que precisavam de manutenção para funcionar, falta de equipamentos e até mesmo dívidas com fornecedores.



Secretário de Desenvolvimento Urbano de Capivari em Participação no Primeira Página desta quarta-feira (11)

Em seguida, questionado sobre o mato alto em pontos variados da cidade, o Secretário de Desenvolvimento Urbano deixou claro a dificuldade de realizar esse tipo de manutenção em épocas chuvosas, pelo crescimento rápido da vegetação e número insuficiente de trabalhadores.

Uma das questões levantadas foi o temporal de Novembro de 2020 que ainda deixa marcas pela cidade. Bruno disse que a equipe da secretaria já está mapeando os danos causados em escolas e praças públicas e que nas próximas semanas os trabalhadores já estarão iniciando os reparos. também causado pelo forte temporal, o dano no asfalto das ruas que cercam o Parque Ecológico, também já estão no cronograma de obras de manutenção.

Assunto recorrente na cidade, os problemas com a malha viária, foi retomado na entrevista, Bruno Sampaio respondeu a questões específicas de moradores de vários pontos da cidade, mas também explicou que obras mais profundas como a reestruturação das Avenidas Josefina Giovana Rossi e Brigadeiro Faria Lima dependem de projetos em andamento e licitações ainda não iniciadas. Bruno garantiu que obras emergenciais de recapes serão feitas no local para poder manter a segurança enquanto as vias não recebem as obras definitivas.

A zona rural de Capivari também receberá a atenção da prefeitura com obras que somente estão sendo realizadas com o concerto de uma das motoniveladoras que não estavam funcionando normalmente.



Acesse a entrevista completa abaixo e assista a todas as questões abordadas. Aproveite para se inscrever no canal da Raízes FM no Youtube.