Compartilhe

A taxa de transmissão do novo coronavírus caiu ligeiramente no Brasil, mas segue em patamar alto, o que significa que a pandemia não está sob controle. De acordo com monitoramento realizado pelo Imperial College de Londres, entidade britânica considerada referência no assunto, na última semana a taxa de transmissão do vírus causador da Covid-19, chamado de índice RT, passou de 1,08 para 1,03, o que significa que cada 100 pessoas com o vírus no país infectam outras 103 pessoas. O ideal, pra controlar a pandemia, segundo os especialistas, é que o índice fique abaixo de um. 

O Imperial College também projetou o cenário para a próxima semana, prevendo que o Brasil deve ter 7 mil 530 óbitos causados pela doença – 107 mortes a mais do que as observadas na última semana, quando esse valor foi de 7.423, de acordo com a instituição.  



Considerando uma margem de erro, no melhor cenário, o Brasil registrará 6.980 mortes nos próximos sete dias; no pior, os óbitos por Covid-19podem chegar a 8.500.  

De acordo com o monitoramento realizado pelo Imperial College, o Brasil tem o segundo puir cenário projetado entre as 74 nações analisadas, ficando atrás apenas do México.  

O Brasil já tem mais de 9 milhões e 200 mil contaminados e se aproxima de 230 mil mortes por Covid-19 desde o início da pandemia

FONTE: Agência Rádio 2