Compartilhe

Desde a inauguração da ampliação da UTI do Hospital Unimed Capivari, o setor tem se mostrado um diferencial positivo. Com 14 leitos atualmente (além dos 10 leitos de UTI existente, transformação de quatro leitos comum em Leitos UTI devido à Pandemia), equipe multidisciplinar capacitada e equipamentos de última geração, o setor tem feito um excelente trabalho, principalmente no último ano, no auxílio aos pacientes com a Covid-19.

Números atualizados até 15 de abril de 2021 indicavam que o setor recebeu 125 internações desde a chegada do Novo Coronavírus, sendo 64 em 2020 e 61 em 2021.



Seja pelo índice de mortalidade, que está abaixo da média nacional, ou pela taxa de resolutividade, a UTI Respiratória Adulto do Hospital Unimed Capivari atingiu o nível 2 de Acreditação Plena da ONA. Segundo o médico intensivista Dr. Marcelo Pinelli, coordenador médico da unidade, “atingir o nível de acreditação plena para a UTI Adulto do HUC foi uma das metas estabelecidas no Plano de Gestão. A oferta de serviço próprio de hemodiálise na unidade, por exemplo, dá mais agilidade e proporcionou terapias de última geração a pacientes que desenvolvem insuficiência renal aguda, patologia com prevalência de 25 a 40% em pacientes críticos”, destaca o médico intensivista.

Outro ponto a ser destacado é a aquisição de dois novos respiradores e aluguel de outros dois, aquisição de monitores multiparâmetros, acréscimo de 20 % nas Bombas de infusão e outros equipamentos.

O novo estoque de oxigênio, projeto iniciado em meados do ano passado, é outro ponto que merece destaque e que, certamente, é um dos grandes responsáveis pelos bons números da UTI. Antes com capacidade de armazenamento de 3.000m3 de oxigênio, a capacidade foi dobrada para 6.000 m3.

Outro aspecto fundamental do Plano de Gestão, segundo o diretor presidente da Unimed Capivari, Dr. Luiz Antônio Bereta, foi a implementação de uma equipe multidisciplinar para abordagem dos pacientes, incluindo a Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, coordenada pelo nutrólogo Dr. Cláudio Favaro.



Desde o início de 2020, muitas altas por pacientes com Covid-19 foram registradas, sempre motivos de elogios por pacientes e familiares.

Para Dr. Bereta, “prova dessa confiança e reconhecimento técnico que temos, é que recebemos pacientes com Covid-19 de centros distantes, mas que acreditam na capacidade do Hospital”.

Desde o início da pandemia, houve 20% aumento no efetivo de enfermeiros, técnicos e auxiliares, 10% de aumento na higienização e foram dobradas as quantidades de fisioterapeutas e médicos intensivistas (plantão UTI).

Todos os profissionais merecem um reconhecimento muito especial, por seu esforço, dedicação, mas também pela grande capacitação na prestação de atendimento de excelência, que resulta em ótimos índices técnicos que o setor possui. “Estamos num momento de pandemia e a estrutura da unidade está fazendo a diferença no atendimento ao paciente crítico com a Covid-19”, acredita Dr. Pinelli.