Compartilhe

O Calendário Escolar do segundo semestre de aulas das escolas municipais de Capivari foi divulgado nesta terça-feira (6) e continuará sendo no sistema remoto de ensino. Assim como no primeiro semestre, haverá retiradas e entregas de atividades semanalmente nas unidades escolares. Segundo a Prefeitura de Capivari, será realizado um levantamento para identificar o número de estudantes que necessitam de aulas presenciais. As aulas serão retomadas no dia 19 de Julho.

Capivari também divulgou que gestores, professores e funcionários devem cumprir a carga horária integral, inclusive os professores de sala de recursos, durante o segundo semestre do ano letivo. Professores ou funcionários com comorbidades, voltarão ao trabalho presencial 30 dias após a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Enquanto isso, seguirão cumprindo obrigatoriamente seu trabalho em regime home office.



Para os estudantes da Educação Infantil e Fundamental I, as retiradas e devolutivas de atividades ocorrerão semanalmente nas unidades escolares. Os professores especialistas entregarão as atividades quinzenais e o recebimento e organização das respostas devem ser enviadas pelo Google Forms.

Através do levantamento do número de alunos que querem e que necessitam de aulas presenciais, a Secretaria de Educação pretende criar uma organização logística e de preparação da volta de alguns alunos para o regime presencial para o mês de agosto.

Em agosto, a Educação priorizará a atenção aos alunos que precisam de atendimento presencial, deixando claro que a ida à escola só será possível mediante a autorização dos pais. Esse processo será organizado em esquema de plantões previamente agendados de acordo com o horário do professor (para os devidos atendimentos). Os agendamentos deverão ser feitos e comunicados aos pais ou responsáveis e os plantões organizados pelos gestores, de modo que não gere aglomerações. 

Cada plantão de aula será escalonado, com tempo mínimo de uma aula e máximo de acordo com a disponibilidade de cada professor.



Sobre os horários das aulas, os professores serão responsáveis por este planejamento, esquematizado cuidadosamente de acordo com cada tipo de atendimento, e grade de aulas, obrigatoriamente, deve possuir: horário de plantões presenciais, plantões online, aulas online e atividades impressas. Todo estudante que for atendido pelo plantão receberá uma merenda adaptada, sendo proibido toda e qualquer refeição compartilhada dentro do ambiente da escola. 

O transporte só poderá ser estabelecido com o levantamento dos estudantes que terão a necessidade de usá-lo.

Além das normas habituais, como uso de máscara, distanciamento social, aferição da temperatura e higienização de mesas, bancos, cadeiras e demais objetos escolares, o uso das salas, seja de aula, dos professores ou administrativas deve ser limitada e pequenos grupos. 

“O novo normal chegou e as escolas não ficariam de fora dessa. Sabemos que todos os professores estão sobrecarregados e inundados de trabalho no sistema home office. Nosso intuito é fazer com que nossos professores executem suas funções adequadamente em seu horário de trabalho, diminuindo desgastes, por isso utilizaremos de maneira produtiva todos seus horários legais. O retorno será gradativo, lento e calmo, priorizando a saúde, segurança e vacinas”, ressaltou o Secretário da Educação, Rafael Silveira dos Santos. 

Confira na íntegra o plano de transição acessando o link https://tinyurl.com/3bnkjjk3 ou o site da Prefeitura de Capivari. Para dúvidas e mais informações, o telefone da Educação é o (19) 3491-9367.