Compartilhe

A parte mais comentada do Oscar 2022 não é o vencedor de Melhor Filme, nem o que os famosos vestiram: é o tapa que Will Smith deu em Chris Rock no palco da premiação. O humorista fez uma piada sobre Jada Pinkett-Smith, mulher do ator, estar parecida como uma “G.I. Jane”, uma versão feminina da elite da Marinha Americana por causa de sua careca, fazendo alusão ao personagem de Demi Moore em Até o Limite da Honra. Jada já falou abertamente sobre ter uma condição de perda de cabelo, a alopecia.

“Vai ter o G.I. Jane 2”, disse Chris, falando o nome do filme em inglês. Will, que ainda não tinha levado o prêmio de Melhor Ator por King Richard: Criando Campeãs, correu para o palco, deu o tapa em Chris, voltou para a plateia e então gritou duas vezes a plenos pulmões de seu lugar da plateia: “Mantenha o nome da minha esposa fora da p* da sua boca”. O humorista ficou sem reação e Lupita Nyong’o, que estava sentanda ao lado de Will, apareceu assustada.



Em seu discurso após vencer o seu primeiro Oscar de Melhor Ator, Will Smith pediu desculpas à Academia e disse que esperava ser convidado para o evento novamente. O caso fez surgir outra dúvida: o tapa pode fazê-lo perder a estatueta?

Ao jornal New York Post, uma fonte de destaque em Hollywood afirma que essa é uma possibilidade: “Foi basicamente uma agressão. Todos ficaram chocados, foi muito desconfortável. Eu acho que o Will não aceitaria devolver seu Oscar, mas ninguém sabe o que vai acontecer agora”.

Procurada pelo jornal, a Academia não respondeu se pretende tomar medidas para punir Will Smith. Ontem, após o encerramento da cerimônia de premiação, a instituição disse não tolerar qualquer forma de violência.

Aos olhos da lei, Will Smith não enfrentará problemas — ao menos por enquanto. Em nota enviada à revista Variety, o Departamento de Polícia de Los Angeles disse que Chris Rock optou por não abrir um boletim de ocorrência, mas se colocou à disposição do comediante caso ele mude de ideia.



Chris Rock tem um histórico de provocações a Jada Pinket-Smith. Em 2016, o casal não compareceu à premiação devido ao boicote que alguns fizeram pela falta de nominação a atores negros. Rock provocou: “Jada fazendo boicote ao Oscar é como eu fazendo boicote às calcinhas de Rihanna… não fui convidado”.

Em 2018, o comediante voltou a provocar o casal. Ele comentou um post em que Will parabenizava a ex Sheree Zampino – mãe de seu primeiro filho, Trey Smith, pelo aniversário dizendo que ela era a melhor mãe de todos os tempos. Rock soltou: “Uau! Você tem uma esposa muito compreensiva”. Ele estava se referindo à  Jada, com quem Will tem Jaden e Willow.